Nos Bastidores do Blog

Minha foto
Rosangela Enéas é Publicitária, Professora Especialista em Docência no Ensino Superior, Escritora Ghost Writer e Master Coach. Empreende ao longo de aproximados dezenove anos, com foco em Marketing de Conteúdo utilizando o Coaching como base metodológica em suas prestações de serviço.

04/03/2019

Resumo: Concordância Verbal (Parte 2)

Resumo: Concordância Verbal (Parte 2)
Agora que você já conferiu por aqui a primeira parte deste nosso estudo, vamos exemplificar neste post algumas regras com  sujeitos compostos, tomando como base a regra geral desse tipo de concordância, qual seja: o verbo SEMPRE deverá concordar com o sujeito. Acompanhe:

1- Se o sujeito anteposto -> verbo no plural
Exemplo: "Eu e minha filha almoçamos bem."
2- Se sujeito posposto -> verbo no plural ou em  concordância com o mais próximo
Exemplo: "Foram ao zoológico os amigos e meu camarada." / "Meu camarada e os amigos foram ao zoológico."
3- Reciprocidade de ação no sujeito -> plural obrigatório
Exemplo: "Agrediram-se o ladrão e o policial." (note que o ladrão agrediu o policial e vice-versa)
4- Sujeitos com diferentes pessoas -> Regra: obedecer a sequência crescente
Resumo: Concordância Verbal (Parte 2)
 5- Ocorrência de sujeito resumido (tudo, nada ou ninguém) -> verbo sempre no singular
Exemplo: "Bolsa, dinheiro, documentos, tudo foi perdido." / "Parentes, amigos, colegas, ninguém se importava." / "Brincadeiras, viagens, estudos, nada valia para animá-la."
6- Ocorrência de ligação com a palavra "COM" -> verbo sempre no plural
Exemplo: "Eu com minha filha cheguei tarde."
7- Ocorrência de ligação com a palavra "COMO" -> o verbo irá concordar com o elemento mais próximo ou, deverá ir para o plural.
Exemplo: "O sorvete como o chocolate aumenta a sede." / "O sorvete como o chocolate aumentam a sede."
8- Ocorrência de construções comparativas -> verbo sempre no plural
Exemplo: "Não somente o dinheiro, mas também o poder, destruíram a cidade."
9- Ocorrência das expressões "BEM COMO" ou "ASSIM COMO" -> o verbo deverá concordar com o primeiro elemento
Exemplo: "Raquel, assim como nós todas, ficou indecisa."
10- Ocorrência de ligação por "OU" -> verbo no plural ou concordando com o mais próximo
Exemplo: "Eu ou ele irá ao jogo." / "Eu ou ele iremos ao jogo."
Exceções:
a) Determinando uma exclusão -> verbo no singular
Exemplo: "Miriam ou Sofia dará informações."
b) Em casos de sinonímia (pessoas iguais) -> verbo no singular
Exemplo: "O gerente ou o gestor, foi quem anotou tudo desnecessariamente."
c) Determinando uma retificação -> verbo concorda com o sujeito mais próximo
Exemplo: "O colega ou os colegas solicitaram novas conferências."

11- Ocorrência de gradativos ou de palavras sinônimas -> verbo concorda com o substantivo mais próximo
Exemplo: "Uma palavra, um sorriso, um gesto bastava." / "A paz e a calma tranquiliza a alma."
12- Quando o verbo estiver no infinitivo -> verbo sempre no singular
Exemplo: "Vencer e conquistar não faz homens vitoriosos."
13- Ocorrência de palavras antônimas ou determinadas -> verbo sempre no plural
Exemplo: "Rir e chorar são coisas da vida."
14- Se houver nomes próprios no plural -> com artigo o verbo deverá ficar no plural e, sem artigo, o verbo deverá ficar no singular
Exemplo: "Os Estados Unidos fizeram um acordo." / "Estados Unidos faz acordo com o Brasil."

Espero que você tenha compreendido o conteúdo exposto e que agora, consiga ir aplicando-o gradativamente nos seus escritos. Se durante esse processo as dúvidas aparecerem, reveja este artigo quantas vezes precisar!

Houve dúvidas? Deixe seu comentário! Terei imenso prazer em responder a você ;)

Bons escritos e até o nosso próximo post - disponível a partir de 06/03 - onde iremos conferir sobre as formas para uma boa produção textual ;)