Nos Bastidores do Blog

Minha foto
Rosangela Enéas é Publicitária, Professora Especialista em Docência no Ensino Superior, Escritora Ghost Writer e Master Coach. Empreende ao longo de aproximados dezenove anos, com foco em Marketing de Conteúdo utilizando o Coaching como base metodológica em suas prestações de serviço.

27/02/2019

Resumo: Concordância Nominal (Parte 2)

Resumo: Concordância Nominal (Parte 2)

Neste post iremos finalizar nosso resumo de concordância nominal, compartilhando as doze regras que ficaram pendentes, bem como, seus respectivos exemplos.

Caso você esteja "chegando agora", clique aqui para conferir a primeira parte deste nosso estudo antes de acompanhar este artigo, como garantia de uma melhor aprendizagem ;)   

Regra 6: Quando houver expressões como: "é bom" / "é necessário" / "é permitido" / "é proibido"; a concordância deverá ser de acordo com o artigo exposto ou com o artigo embutido.
Exemplo: "É proibido entrada." / "É proibida a entrada."

Regra 7: Todos os complementos de uma oração, deverão concordar em número e em gênero.
Exemplo: "Deixe bem fechadas as cortinas e as janelas."

Regra 8: Ocorrência de gêneros diferentes -> adjetivo no masculino e no plural.
Exemplo: "Causou estranheza a sogra e o genro."

Regra 9: Oração na voz passiva -> concorda com o sujeito.
Exemplo: "Passadas duas semanas, paguei minha dívida."

Regra 10: Ocorrência de dois ou mais adjetivos no singular -> três formas alternativas.
Exemplo: "As línguas pátria e a estrangeira." / "A língua pátria e estrangeira." / "A língua pátria e a língua estrangeira."

Regra 11: Ocorrência das palavras ANEXO ou INCLUSO -> de acordo com o complemento.
Exemplo: "Seguem anexos os documentos exigidos." / "A foto segue anexa." / "As taxas estão inclusas."

Regra 12: Ocorrência da palavra SÓ -> dependente do sentido na frase.
Exemplo: "Eles ficaram sós, na velha casa." (sozinhos) / "Ele só compra coisas caras." (apenas) / "Só um aluno fez a prova."(somente)

Regra 13: Ocorrência da palavra ALERTA -> não flexiona.
Exemplo: "Nós estamos alerta." / "Os soldados ficaram alerta." 
Exceção: Quando "alerta" caracterizar o substantivo. (Ex: Eu fique com os olhos alertas.)

Regra 14: Ocorrência das palavras OBRIGADO, TAL E QUITE -> concordam em gênero e número com o sujeito.
Exemplo:  "Ela disse obrigada." - "Ele disse obrigado." / "Que tal aquele quadro?" - "Que tais aqueles quadros?" / "Estamos quites." - "Fiquei quite." /

Regra 15: Ocorrência de adjetivos indicadores de cor -> não flexiona se for adjetivo substantivado.
Exemplo: "Ela comprou saias gelo." / "Desejo ganhar dois vestidos rosa." 

Regra 16: Ocorrência da expressão "o mais" -> não flexiona.
Exemplo: "Visitarei países o mais longe possível."

Regra 17: Ocorrência das palavras MEIO e BASTANTE -> dependentes do significado 
Exemplo: "Não me venha com meios termos." (não me venha com poucos) / "Há problemas bastantes." (há muitos problemas)
       
Gostou dos conteúdos exemplificados? Que tal deixar nos comentários os seus próprios exemplos a título de engrandecer mais ainda este trabalho e assim, auxiliar nossos leitores? 

Participe! E, não perca os nossos próximos posts (disponíveis a partir de 01/03), pois nele iremos complementar este estudo ainda mais, conferindo sobre concordância verbal! 

Bons escritos e até lá ;) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário