Diferenças entre Marketing de Conteúdo e o Marketing Digital

Atualizado: Mai 13


"[...] Philip Kotler, o grande pai do marketing, como é conhecido, o define como um processo social, no qual indivíduos ou grupos obtêm o que necessitam e desejam por meio da criação, oferta e troca de produtos de valor com os outros. Já Conteúdo se trata de uma tarefa abrangente e complexa, porém, se pudéssemos definir em uma palavra, certamente a mais indicada seria informação. Assim, conteúdo deve ser entendido como um emaranhado de dados que deverá passar por um filtro, ser organizado e estruturado para então chegar ao seu destinatário de forma correta para atraí-lo a uma ação." (Humantech. Marketing de conteúdo. Disponível em <http://universidade.humantech.com.br/marketing-de-conteudo>. Acesso em: maio/2018).

A partir dessa citação, fica mais fácil entender que Marketing de Conteúdo se difere de Marketing Digital, embora dele dependa para elaborar planos de ação entre os quais, segundo Claudio Torres (autor do best-seller “A bíblia do Marketing Digital”) destacam-se, além do próprio Marketing de Conteúdo: "marketing nas mídias socias, e-mail marketing, marketing viral, publicidade on-line, pesquisa on-line e monitoramento." (Humantech. Marketing de Conteúdo. Disponível em <http://universidade.humantech.com.br/marketing-de-conteudo>. Acesso em: maio/2018).


Nesse sentido, pode-se destacar as seguintes aplicações para os conteúdos:

  • Mecanismos de busca (Inbound Marketing)

  • Blogs e sites;

  • Infográficos

  • Podcasts e Videocasts

  • E-books

  • Redes Sociais

  • Webinars (eventos em tempo real)

No entanto, fatores essenciais como a organização e o planejamento prévio com foco nos conteúdos que se pretende compartilhar, serão sempre as peças chaves para a obtenção das metas desejadas.

De: São Paulo - SP / Brasil

Para: encontros virtuais

  • PerfilLinkedInRosangelaEnéas
  • CanalRosangelaEnéas

© 2020 por UNICÓRNIO PRODUÇÃO E CONTEÚDO

Política de Privacidade